Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará
Zoom contrata ‘caçadores de bugs’ e dá recompensas de até 50 mil dólares
Desde 2020, o Zoom já investiu 2,4 milhões de dólares em pagamentos para o programa de especialistas de segurança
Tempo de leitura: < 1 min


(Getty Images/NurPhoto)

O Zoom lançou um novo programa para contratar “caçadores de bugs”, profissionais que vão encontrar e resolver problemas de segurança na plataforma de videoconferências.

Para testar as imperfeições em seu sistema, o Zoom já investiu 2,4 milhões de dólares em pagamentos para o programa desde 2020. Já são mais de 800 pessoas selecionadas na plataforma HackerOne para detectar ameaças.

Em 2021, foram 401 relatórios de bugs que renderam 1,8 milhão de dólares para pesquisadores de segurança. As recompensas por encontrar problemas pode variar de 250 a 50 mil dólares.

A plataforma do HackerOne ajuda a avaliar a relevância das descobertas dos especialistas em segurança digital.

Para manter os esforços, o programa Bug Bounty, que ajuda na seleção de profissionais com base em seu trabalho, terá novas contratações para o Zoom. A empresa procura por hackers comprometidos com um trabalho ético de todo o mundo.

Os interessados podem se inscrever enviando seu perfil no HackerOne para [email protected] Também é possível se inscrever nas vagas globais do time de segurança pelo site.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.