Scroll Top
Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará
Trybe abre mais de 200 vagas para trabalho remoto
Com o crescimento na demanda do curso, a startup quer aumentar seu time de instrutores e as vagas são para início imediato
Tempo de leitura: < 1 min


(Trybe/Divulgação)

A Trybe, escola de tecnologia, está com mais de 200 vagas de emprego abertas e para início imediato.

Com trabalho remoto, as oportunidades são em sua maioria para desenvolvedores, parte das posições para o time de instrutores e parte para o time técnico para a plataforma da empresa.

Fundada em 2019, a startup de educação já recebeu 48 milhões de dólares em três rodadas de captação. No modelo da Trybe, o curso é focado no sucesso profissional dos estudantes, que podem pagar pela formação quando já estão empregados.

Mais de 90% dos formados começaram a trabalhar em até três meses após concluir os estudos.

“Todos os dias usamos a educação para gerar oportunidades que podem mudar vidas”, diz Matheus Goyas, cofundador e CEO da Trybe.

As novas vagas são para acompanhar o crescimento da procura pelo curso: em 2021, eles registraram um crescimento próximo de 500% no número de estudantes na comparação com o ano anterior.

A empresa já chegou a 500 funcionários no final de 2020 e a ideia é continuar o crescimento neste ano. Entre as posições abertas agora, algumas são voltadas para a contratação de mulheres.

Confira as vagas no site.

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.