Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará
Redes sociais perdem lugar para e-mail como método preferido de networking
Page/Post Excerpt

Folha

Segundo uma pesquisa realizada pela empresa de recrutamento Robert Half, as redes sociais já não são a ferramenta mais usada para fazer networking. No estudo, que ouviu cerca de 2.200 diretores financeiros nos Estados Unidos em julho de 2015, 50% dos participantes dizem usar o e-mail para manter relacionamentos profissionais, enquanto os que preferem as redes sociais são 18%.

Em 2012, um levantamento realizado pela empresa com 1.400 diretores financeiros mostrou que apenas 22% usavam e-mails para esse fim. Na ocasião, as redes sociais eram o método de networking mais usado pelos profissionais entrevistados, com 45% das respostas.

Em ambas as ocasiões, o contato presencial, em eventos e conferências, foi escolhido por 25% dos executivos.

O estudo também mostra mudanças na motivação para o networking. Em 2015, a razão mais apontada é a atualização sobre as novidades e avanços do setor de atuação, com 46% das respostas. Já em 2012, 60% indicavam o crescimento dos negócios como o objetivo para reforçar contatos profissionais.

A consultoria de recrutamento Robert Half ainda listou dicas para ter mais visibilidade e fazer um bom networking. Confira abaixo:

01. Frequente eventos do seu setor e apresente trabalhos. Com isso, os pares irão reconhecê-lo como uma referência no segmento;

02. Compartilhe seus aprendizados profissionais com seus pares ou pessoas iniciando a carreira, como um mentor;

03. Seja voluntário em organizações locais e entidades filantrópicas. Isso o ajudará a ter contato com pessoas com formações diferentes e ter novas ideias para sua corporação;

04. Participe de projetos na universidade em que estudou. Você pode contribuir para a formação de jovens profissionais e reforçar conexões entre sua empresa e os professores e a escola.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.