Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará
As perguntas que você deve fazer antes de iniciar a busca por um emprego
Page/Post Excerpt

O Globo

A busca por um emprego não é nada fácil. É preciso tempo, paciência e muito emprenho. E quem decide entrar nesta empreitada, deve, antes de tudo, reservar um tempo para refletir sobre o que realmente quer e como chegar lá, para não acabar fazendo uma escolha errada.

— Antes de iniciar sua busca, faça a você mesmo algumas perguntas que o ajudarão a obter uma imagem mais clara do que está procurando, quais as habilidades que você possui e podem contribuir para a empresa e que tipo de trabalho pode ajudá-lo a alcançar seus objetivos de carreira — afirma Debra Auerbach, colaborada do site CareerBuilder.com e autoria do blog The Buzz Work.

Especialista em gestão de carreira, tendências de contratação e questões ligadas ao mundo corporativo, Debra listou alguns exemplos de perguntas a serem respondidas pelo profissional antes de se aventurar na busca por um novo emprego e ouviu a opinião de outros especialistas. Confira:

Por que eu estou começando a procurar um trabalho?

Esta deve ser a primeira pergunta a ser feita a si mesmo. Chegar à raiz do motivo pelo qual você está procurando um emprego pode ajudar a determinar se você o está fazendo pelos motivos certos.

“Se você é recém-saído da escola ou universidade ou está desempregado, não há nenhum problema. Mas e se você está empregado e apenas descontente com o que vem fazendo?” , questiona Bruce A. Hurwitz, presidente e CEO da Hurwitz Strategic Staffing. “Eu tive vários clientes que vieram me consultar, acreditando que queriam um novo emprego, mas, na verdade, tudo o que queriam eram novas responsabilidade e desafios. Acabaram ficando em suas empresas, têm hoje novas tarefas e, tanto eles como seus patrões, estão bastante felizes”.

Que valor único posso trazer para meus potenciais empregadores?

O profissional que se preocupa apenas em atender aos requisitos básicos de um trabalho acaba sendo tratado como uma mercadoria, alerta Kimberly Robb Baker, estrategista em recrutamento. Em vez disso, o profissional precisa pensar sobre o que o torna único e atraente para os potenciais empregadores.

Em que tipo de cultura corporativa eu quero trabalhar?

“A cultura corporativa é um fator importante e deve ser levada em consideração não só quando se contempla uma oferta de emprego, mas também no momento de se candidatar a uma vaga”, afirma Jesse Siegal, diretor-gerente sênior e especialista em recrutamento da empresa Execu-Search. “Por isso, antes de se candidatar a empregos, você precisa levar algum tempo refletindo sobre o que está procurando em um local de trabalho”.

Segundo ele, a pessoa deve se perguntar, por exemplo, se gostaria de trabalhar em uma empresa que permita adotar um horário flexível; se tem necessidade de trabalhar por longas horas em um ambiente competitivo; ou se prefere trabalhar em equipes colaborativas ou de forma independente. Depois de ter essas respostas, você terá uma ideia melhor sobre o que observar e que perguntas fazer ao empregador para saber mais sobre a cultura corporativa de uma organização.

Em que pontos posso ser flexível?

Embora seja bom pensar qual seria o trabalho ideal para você, é mais realista considerar o que seria “bom ter”’ e o que “eu preciso ter”’, já que nenhum trabalho será perfeito. Segundo Laurie Berenson, estrategista de carreira e presidente da Sterling Career Concept LLC, isso irá ajudar o profissional a decidir-se por uma ou outra oferta de trabalho. Função? Localização? Carga horária? Salário? O que realmente importa no momento e que fatores você pode negociar ou abrir mão. “Talvez você esteja dispisti a assumir um salário baixo para entrar no setor desejado. Priorize o que realmente é importante para você”, aconselha.

Onde eu quero chegar, em última análise, em minha carreira, e quais os passos que eu tenho que dar para chegar lá?

Laurie Berenson completa que a maioria das pessoas precisa ocupar várias posições ‘para chegar ao seu objetivo final”. Isto, diz ela, é especialmente verdadeiro para os candidatos mais jovens.

“O trabalho que você aceitar amanhã pode não ser o seu emprego dos sonhos, mas se for em sua área ou setor desejado ou em uma empresa respeitável, considere-o como um trampolim para alcançar o que você quer de verdade”.

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.