Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará
O salário mínimo é reajustado pela inflação?
Advogado explica as regras para reajuste do salário mínimo dos trabalhadores CLT, pensionistas e benefíciários do INSS
Por Exame | Tempo de leitura: 2 min
(IltonRogerio/Getty Images)

O salário mínimo é a quantia fixada por lei e que corresponde ao valor mínimo que o empregado pode receber do empregador.

Atualmente o salário mínimo nacional é de R$ 1.212,00 para aqueles que cumprem jornada de trabalho de 44 horas semanais.

Se a jornada for inferior, o salário a ser pago poderá ser reduzido proporcionalmente, respeitando o valor de R$ 5,51 para a hora de trabalho.

Como é feito o reajuste do salário mínimo nos dias atuais?

A Constituição Federal garante que todo empregado receba o salário mínimo e que ele seja reajustado periodicamente de modo a preservar seu poder aquisitivo.

Esse reajuste tem sido feito anualmente mediante Lei ou Medida Provisória, que define o novo valor do salário mínimo a ser aplicado a partir de determinada data, que geralmente corresponde ao dia primeiro de janeiro.

O valor do reajuste, por sua vez, entre 2005 e 2018 considerava a inflação do ano anterior mais o crescimento do PIB nos últimos dois anos.

Essa regra era prevista em lei, porém, apenas para esse período e desde que perdeu validade não foi renovada.

Assim, hoje em dia o salário mínimo é reajustado conforme o índice de inflação medido pelo INPC.

Cabe lembrar, também, que ele ainda serve como parâmetro para o pagamento de aposentadorias, pensões e outros benefícios oferecidos pelo INSS.

Por fim, existem categorias de trabalhadores que têm o valor de seu salário mínimo fixado por lei estadual, é o chamado salário mínimo estadual, que deverá corresponder a um valor igual ou superior ao nacional e que poderá ter regras próprias de reajuste.

Por Marcelo Mascaro, sócio do escritório Mascaro Nascimento Advocacia Trabalhista

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.