Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará

Falso anúncio de empregos atrai dezenas de pessoas no Centro de Niterói

Áudios e postagens nas redes sociais davam conta da inauguração de unidade do Sine-RJ e que estariam disponíveis cerca de 1.500 vagas


Desde a madrugada desta sexta-feira, dezenas de pessoas formam uma grande fila no Centro de Niterói, atraídas por um falso anúncio de empregos.

No segundo trimestre do ano, o desemprego caiu para 12%, mas ainda atinge 12 milhões de brasileiros. Um total de 3,3 milhões busca uma vaga há mais de dois anos.

Segundo o site do G1, áudios que circulavam por WhatsApp esta semana davam conta da inauguração de uma suposta sede do Sistema Nacional de Empregos (Sine-RJ), na Avenida Feliciano Sodré, no Centro de Niterói.

“Quem tiver desempregado na sua família, manda pro Sine Niterói, a inauguração vai ser sexta-feira, dia 16, na rua da rodoviária, oito da manhã. Eu não vou ‘tá’ lá. Eu trabalho na matriz, eu trabalho na sede, lá no Rio. Manda a galera pra cá porque tem muito emprego, muito emprego. Manda todo mundo pra cá. Sexta-feira, dia 16 de agosto, levar todos os documentos. Eu não vou tá lá, mas vai ter muita vaga de emprego, manda a galera toda pra lá”, dizia um dos áudios.

Em paralelo, postagens do Facebook afirmavam que estariam disponíveis cerca de 1.500 vagas na nova unidade do Sine-RJ. A fila não para de crescer, embora a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Relações Internacionais afirme tratar-se de uma informação falsa.

“Nós não temos neste presente momento nenhum Sine sendo inaugurado [em Niterói]”, afirmou Ana Asti, subsecretária de Emprego e Renda, em entrevista ao Bom Dia Rio.

Estado pede que Polícia investigue o caso

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Relações Internacionais, Lucas Tristão, orientou a subsecretária de Emprego e Renda, Ana Asti, a fazer a comunicação da falsa notícia que circulou e de suas consequências à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI).

De acordo com a DRCI, foi instaurado inquérito para apurar o caso. Foi representada pela quebra de sigilo para identificar o responsável pelas redes sociais que divulgaram a informação falsa. A investigação está em andamento.

A secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Relações Internacionais (SEDEERI) informou que, na noite desta quinta-feira (15), quando tomou conhecimento do boato sobre a inauguração de um novo posto do Sine em Niterói, publicou um alerta nas suas redes sociais, desmentindo o conteúdo.

Além disso, explicou que ao abrir novos postos do Sine, é feito um anúncio oficial pelas mídias do governo do Estado e também da secretaria, como site, Facebook e Instagram.

A parceria ainda não foi firmada, mas está em fase de ajustes para assinatura do acordo. No entanto, cabe ao governo do estado o gerenciamento do Sine.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário