Scroll Top
Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará
Estas são as 10 profissões do futuro, segundo estudo do Fórum Econômico Mundial
Em relatório anual, organização apontou profissões emergentes – e também aquelas que devem desaparecer – nos próximos cinco anos; veja lista
Por Exame | Tempo de leitura: 2 min
(WeAre/Getty Images)

A edição mais recente do relatório anual The Future of Jobs é categórica: nos próximos cinco anos, o aumento da digitalização deve causar uma rotatividade significativa no mercado de trabalho. Mas, segundo a organização, não há motivos para preocupação.

É que, diferentemente do que previram os filmes de ficção, a expectativa dos empregadores é de que as novas tecnologias contribuam positivamente para a criação de empregos – ainda que a automação represente, sim, um risco para determinadas funções – até 2027.

“Espera-se que a inteligência artificial, um dos principais impulsionadores do possível deslocamento algorítmico, seja adotada por quase 75% das empresas pesquisadas e que leve a uma alta rotatividade, sendo que 50% das organizações esperam que ela gere crescimento de empregos e 25% esperam que ela gere perda de empregos”, diz o documento.

Dentre os 673 milhões postos de trabalho analisados pela pesquisa, a estimativa é de que 83 milhões sejam eliminados, enquanto outros 69 milhões devem ser criados. Mas vale destacar que, para que consigam conquistar uma dessas novas vagas, os trabalhadores precisarão eliminar a lacuna entre suas habilidades atuais e as necessidades futuras dos negócios.

“Seis em cada dez trabalhadores precisarão de treinamento antes de 2027, mas apenas metade dos funcionários têm acesso a oportunidades de treinamento adequadas atualmente […] Por exemplo, embora haja um crescimento contínuo de empregos verdes nos últimos quatro anos, conforme indicado por uma pesquisa adicional realizada pelo LinkedIn para o relatório deste ano, a requalificação e o aprimoramento de habilidades verdes não estão acompanhando esse ritmo”, alerta o documento.

Não à toa, a pesquisa indica que treinamentos sobre inteligência artificial e big data devem ser priorizado por quase metade (42%) das empresas nos próximos cinco anos, atrás apenas do “pensamento analítico (48%) e do “pensamento criativo” (43%).

“A capacitação tecnológica, especificamente em IA e big data, se tornará mais importante e as estratégias de habilidades das empresas se concentrarão nisso nos próximos cinco anos”, destaca o documento.

Afinal, quais são as profissões do futuro?

Considerando seu potencial para criação de vagas entre 2023 e 2027, o Fórum Econômico Mundial listou 50 profissões emergentes para os próximos anos. “Espera-se que o emprego de analistas e cientistas de dados, especialistas em big data, especialistas em aprendizado de máquina de IA e profissionais de segurança cibernética cresça, em média, 30% até 2027”, diz o relatório.

Veja as primeiras colocadas na lista de profissões emergentes do Fórum Econômico Mundial:

  • Especialistas em Inteligência Artificial (AI) e Machine Learning;
  • Especialistas em sustentabilidade;
  • Analistas de business intelligence (BI);
  • Analistas de segurança da informação;
  • Engenheiro de fintech;
  • Analistas e cientistas de dados;
  • Engenheiros robóticos;
  • Especialistas em Big Data;
  • Operadores de equipamentos agrícolas;
  • Especialistas em transformação digital.
Profissões que devem desaparecer até 2027

O relatório também apontou 50 profissões em declínio – e com maiores chances de serem extintas devido à automação nos próximos cinco anos.

Veja as principais:

  • Caixas de banco (e funcionários relacionados);
  • Funcionários dos Correios;
  • Operadores de caixas e cobradores;
  • Digitador de dados;
  • Secretários administrativos e executivos;
  • Assistentes de registro de produtos e estoquistas;
  • Escriturários de contabilidade;
  • Gerentes de relacionamento;
  • Oficiais judiciários;
  • Vendedores porta a porta.

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.