Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará
Currículo sucinto e limpo é a dica
Page/Post Excerpt

O Globo

Em entrevista ao site Mashable, o CMO da empresa de marketing e software HubSpot, Mike Volpe, listou alguns dos principais equívocos que vê nos currículos que recebe. Entre eles: perfis de redes sociais desatualizados, excesso de linguajar corporativo, uso de e-mails antigos como hotmail ou yahoo. Outra queixa diz respeito à falta de atenção que muitos candidatos têm. Ao encaminhar o currículo para uma empresa, acabam deixando o nome de outra companhia para a qual haviam se candidato ou de outro recrutador.

“Ter tempo para fazer cem currículos ou cartas de apresentação diferentes é quase impossível, mas o candidato deve customizar documentos de acordo com o tipo de vaga que almejando”, destaca Volpe, acrescentando que é preciso assegurar que o nome de empresa, recrutador e vaga estão escritos corretamente.

Por isso, diz Adalberto Santos, diretor da consultoria Afamar Capital Humano, pode valer a pena pedir para outra pessoa revisar o currículo — não precisa ser alguém especializado em RH.

— Mas pedir a opinião de um profissional que tem uma vivência maior pode ajudar — acentua Santos, acrescentando que também é possível encontrar modelos de currículo disponíveis na internet. — Mas para usá-los é preciso ter bom senso e tentar, sempre, ser sucinto.

ESPECIALISTAS RECOMENDAM BOM SENSO

O bom senso, aliás, é o mais recomendado por especialistas e vale também para quem pensa em fazer um currículo seguindo uma linha mais criativa. Exemplos assim não faltam: tem profissional que fez o currículo em formato de barra de chocolate, outro que criou um site que simula um videogame, há ainda currículos em história em quadrinhos ou em QR Code.

— Mas um currículo com design diferente talvez vá contar mais pontos em indústrias mais criativas, como design, marketing ou publicidade — adverte Jacqueline Resch, sócia e diretora da Resch RH, acrescentando, porém, que não descartaria um candidato de uma área mais tradicional que apresentasse um currículo diferente. — Tentaria entender na entrevista o porquê de ele ter fugido do código de sua profissão.

O que não pode, e nisso todos os especialistas concordam, é ter um currículo confuso ou “sujo”, seja ele tradicional ou criativo. Neste caso, acaba passando uma imagem negativa, assim como aquele currículo repleto de erros.

— Currículo visualmente complicado depõe contra qualquer pessoa — acredita Jacqueline.

Adalberto Santos, da Afamar, concorda e diz que é necessário haver um mínimo de organização e limpeza visual, caso contrário diminuem as chances de convocação para uma entrevista. Mas Santos lembra também que não há um modelo padrão de currículo e que cada profissional deve saber o que funciona melhor.

— O fundamental é ser claro, transparente e honesto — diz o diretor da consultoria.

E manter-se atualizado, sempre.

— Isso vale para o currículo, o LinkedIn e bancos de dados de empresas — conclui Jacqueline.

DICAS PARA NÃO SER IGNORADO

E-MAIL. O site Mashable fez uma lista com motivos pelos quais um candidato pode ter o currículo ignorado. Um deles é o e-mail: quem usa o domínio @hotmail ou @yahoo pode passar uma imagem de desatualização. Melhor migrar para o gmail ou, ainda melhor, ter o próprio domínio.

GOOGLE. Ser encontrado no Google é outro fator. Não é necessário ser super popular, mas o recrutador deve encontrar ao menos o perfil do LinkedIn ao fazer uma busca na web.

FOTOS. Mesmo o Facebook sendo uma rede pessoal, a foto do perfil não deve ser de biquíni ou sem camisa, pois o recrutador poderá vê-la.

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.