Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará
Cultura empresarial: a ferramenta essencial para empresas e profissionais
Novo livro do advogado Luciano Porto reflete sobre a importância da cultura empresarial nas companhias abertas do Brasil
Tempo de leitura: < 1 min


(Thinkstock/Jacob Ammentorp Lund)

Se você está planejando o seu próximo passo de carreira, comece olhando para a cultura das empresas onde você quer trabalhar.

Essa é a recomendação do advogado e pesquisador Luciano Porto que lançou seu novo livro “Cultura empresarial: uma referência informativa e jurídica sobre as companhias abertas brasileiras”.

“O tema da cultura organizacional é estratégico para o conselho de administração, seja da empresa familiar ou companhias abertas. Do ponto de vista de carreira, agora é crucial olhar para isso, será decisivo para escolher os movimentos de carreira”, diz.

“Quando você entra na empresa, é como se você entrasse no rio com uma correnteza vindo. De certa forma, olhar para a cultura é explorar o que tem debaixo desse fluxo. Ali tem pedras, valas? Algum lugar onde a água é mais quente?”, explica.

Ao mergulhar na cultura empresarial das empresas brasileiras listadas na bolsa de valores, Porto percebeu que todas têm fatores comuns ao falar de seus valores. Quando falam de cultura, muitas citam inovação, governança, sustentabilidade e integridade.

“Mas senti falta de um posicionamento mais explícito sobre isso. Qual a cultura empresarial? Colocada diante da pergunta, um ano pode ter uma resposta e ela mudar daqui alguns meses. Mas é importante ter essa reflexão”, diz.

Como ele cita em seu livro anterior, Inovação Social, a transparência é um pilar importante que começa a ser cobrado das empresas pelos talentos e consumidores. Com rankings de melhores empresas, comentários no Glassdoor ou no LinkedIn, os profissionais compartilham e cobram por informações sobre o modo de trabalho dentro das empresas.

“A transparência do mundo online muda a forma de convívio na sociedade. A transparência é vista como uma inovação social, pois reduz a hipocrisia e a desinformação, torna as coisas mais íntegras e verdadeiras”, diz.

Olhando para o futuro e novos modelos de trabalho, o pesquisador vê o surgimento de uma maior diversidade de culturas sendo criadas, dependendo da decisão sobre o local de trabalho e flexibilidade das empresas.

“A postura de modelo de trabalho vai dizer muito sobre a cultura da empresa. E os profissionais vão precisar buscar uma cultura compatível com sua forma de trabalho”, afirma.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.