Scroll Top
Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará
Concurso Banco Central: Edital é publicado com 100 vagas e salário de mais de R$ 20 mil
Concurso tem vagas para o cargo de analista e exige formação de nível superior em qualquer área. Inscrições começam dia 22 de janeiro
Por Exame | Tempo de leitura: 3 min
(Divulgação: Branco Central)

Foi publicado o edital para concurso do Banco Central, com 100 vagas imediatas de nível superior em qualquer área para o cargo de Analista, sendo 50 destinadas à área de Tecnologia da Informação e outras 50 para áreas relacionadas à Economia e Finanças, além de mais 200 vagas de cadastro reserva. A remuneração inicial é de R$ 20.924,80.

O Cebraspe será o responsável pela organização do concurso, que receberá inscrições de 22 de janeiro a 20 de fevereiro de 2024, exclusivamente no site da banca.

A taxa de inscrição foi fixada em R$ R$ 150,00 e a prova está prevista para acontecer no dia 19 de maio.

Onde será a prova?

Diferente do último concurso, que aconteceu em 2013 e contou com vagas para diversos estados, a lotação será em Brasília, mas as provas serão aplicadas em todas as capitais e no Distrito Federal, facilitando o acesso de candidatos de todo o país.

Um ponto de atenção, segundo Anderson Ferreira, coordenador da carreira de controle do Gran, será o método de correção da banca. “Será usado o método Cespe, com duas respostas erradas anulando uma certa, o que vai exigir cautela dos candidatos na hora dos chutes.”

Conteúdos com mais peso

Em relação ao conteúdo, Ferreira chamou a atenção para a parte de conhecimentos básicos, que é comum aos cargos nas duas áreas, e destacou a Língua Portuguesa como uma das matérias mais importantes do concurso, com 25 itens que representam mais de 20% da nota final da prova. O coordenador ainda alertou para a natureza do cargo e explicou porque a disciplina é tão importante.

“O Bacen prioriza um tipo de conhecimento que exige que o profissional seja bom em língua portuguesa, uma vez que o profissional precisa ter boas habilidades de leitura, escrita e interpretação para a criação de relatórios, pareceres e notas técnicas, entre outras tarefas”.

Além de ter mais foco na parte de língua portuguesa, Ferreira indica que o candidato entenda o custo-benefício das matérias em relação à nota para definir sua ordem de prioridade nos estudos. Segundo ele, a parte de Direito Administrativo ainda em conhecimentos básicos, por exemplo, terá apenas 5 questões para um conteúdo relativamente complexo, e por isso pode ser interessante que a disciplina vá para o fim da fila no plano de estudos.

A importância dos conhecimentos específicos

Apesar do edital exigir formação superior em qualquer área, os candidatos vão precisar estudar muito as áreas de Tecnologia da Informação ou Economia e Finanças, já que o concurso vai exigir muitos desses conhecimentos na parte específica.

Ferreira destaca, para o cargo de TI, a disciplina Engenharia de Softwares, que vai ter 24 questões representando mais de 20% da prova, enquanto para o cargo de Economia e Finanças as disciplinas com maior peso na nota são Macroeconomia, com 15 questões, e Finanças, também com 15 itens, representando juntas 30% da nota total da prova.

O professor também alertou que a disciplina Finanças é diferente do que os concurseiros conhecem normalmente como Administração Financeira e Orçamentária (AFO), já que trata sobre mercado de valores e finanças corporativas no geral.

Ainda para o cargo na área de economia, o professor recomenda que o candidato estude noções de contabilidade geral, apesar de não estar no conteúdo programático.

“É necessário um conhecimento prévio geral para depois partir para a parte específica que vai cair na prova na matéria Contabilidade de Instituições Financeiras Padrão COSIF (Plano Contábil das Instituições do Sistema Financeiro Nacional), que vai contar com 12 questões.”

A diferença do conteúdo com ao último concurso

Ainda segundo o especialista, esse edital veio com algumas diferenças no conteúdo em relação ao último concurso. “Deixaram de fora disciplinas que costumam ser cobradas nos concursos para o órgão, como direito constitucional, sistema financeiro nacional, sistema de pagamentos e língua inglesa”, diz Ferreira.

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.