O pior de trabalhar no Facebook, segundo 13 funcionários

exame

Pode ser o sonho profissional de muita gente, mas usar o crachá de funcionário do Facebook também tem suas desvantagens. Como em toda empresa, há sempre os insatisfeitos.

E alguns deles fazem um verdadeiro coro de reclamações em sites como o Quora, ou em blogs pessoais.

O site Business Insider reuniu uma lista de queixas sobre o dia a dia de trabalho na rede social de Mark Zuckerberg.

Separamos 13 delas.

“Por 6 semanas do ano, estou 24 horas de plantão, 7 dias por semana”

O engenheiro Keith Adams conta que, quando está de plantão, precisa ficar à disposição da empresa 24 horas por dia.

São 6 semanas por ano e ele não pode sair da cidade e deve responder imediatamente a qualquer solicitação ou problema, a hora que for.

“Vi decisões sendo tomadas por estagiários”

Philip Su, um engenheiro de software do Facebook, escreveu em seu blog o que ele mais detesta no trabalho para a rede social.

É o fato de decisões serem tomadas individualmente (até por um só estagiário) o que o incomoda.

Na sua opinião, isso mostra que as pessoas não têm muita ideia de como deveria funcionar uma empresa.

“Esqueça a comida e a bebida de graça. O ambiente de trabalho é horrível”

Salas cheias de gente, pouco espaço individual e nenhuma privacidade não são exatamente os ingredientes de um bom lugar para trabalhar, segundo relatou este profissional.

“Não existe separação entre comportamento profissional e vida pessoal”

A cultura do Facebook estimula que os funcionários sejam eles mesmos durante o expediente.

Isso, na opinião de um funcionário que não quis se identificar, resulta em pouco profissionalismo na companhia.

“Grande parte dos gestores não sabe ou não se concentra na construção de uma equipe”

Um ex-funcionário do Facebook, que também não se identificou, criticou o foco em vitórias pessoais e contribuições individuais no lugar da valorização dos resultados alcançados no trabalho em equipe.

De acordo com ele, esse tipo de atitude permeia também os níveis de gestão da empresa.

“A infraestrutura não é verdadeiramente funcional”

O rápido crescimento da empresa explica a reclamação deste funcionário.

Trabalhar com equipes de 4 mil pessoas é bem mais difícil do que com grupos de 500 pessoas.

De acordo com ele, não há ênfase em organização ou estabilidade.

“Saber que você é parte de uma grande empresa que quer agir como uma startup”

Um ex-funcionário reclama da crise de identidade da empresa.

Segundo ele, o Facebook é um gigante da tecnologia que ainda quer se comportar como uma startup.

“Não reclame do Facebook para mim, só porque eu trabalho lá”

A mulher de um funcionário da empresa é a porta-voz da reclamação.

Ela conta que seu marido é constantemente bombardeado com críticas de usuários à rede social e com pedidos de ajuda para configuração de perfis pessoais.

Nem ela escapa da insistência de algumas pessoas, disse.

“O tom de voz das pessoas era carregado de menosprezo e hipocrisia”

Esse ex-funcionário reclama dos colegas de trabalho com quem conviveu durante sua passagem pela empresa.

Segundo ele, as pessoas são bem esnobes na empresa de Zuckerberg.

“Pediam-me para executar tarefas totalmente inadequadas”

Um ex-funcionário que optou por permanecer anônimo relatou que teve até de separar as roupas sujas de um diretor da empresa para levar à lavanderia.

“A instruções não eram claras e tudo se transformava em um jogo de adivinhação”

A ausência de diretrizes e de feedbacks, segundo um ex-funcionário, pavimentava o caminho para o seu fracasso.

“Saber que você trabalha em uma empresa de capital aberto superestimada”

Os funcionários viram o valor das ações cair e se sentem sem alternativas, revelou um usuário anônimo no site Quora.

“Foi provavelmente a minha pior experiência profissional até agora”

A falta de diretrizes e suporte transformou em pesadelo a experiência como funcionário temporário no Facebook, revela um ex-colaborador.

Ele ainda contou que se reportava a dois gestores que considerou os piores líderes com quem já trabalhou.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário