Para a Quarta-feira de Cinzas: as desculpas mais esfarrapadas para faltar ao trabalho

O Globo

A Quarta-feira de Cinzas é, provavelmente, o dia do ano em que os chefes ouvem mais desculpas esfarrapadas de funcionários que faltam ao trabalho. Por força da tradição, o expediente começa mais tarde em muitas empresas: ao meio-dia. Ainda assim, é um tal de gente que fica doente ou que o carro enguiça… Pois nos Estados Unidos os profissionais são bem criativos para bolar desculpas para as faltas próximas de feriados.

“Mordi a língua e não conseguia falar” é uma das mais memoráveis relatadas por gerentes de recursos humanos em pesquisa realizada nos Estados Unidos pela empresa de seleção e recrutamento Career Builder, que revela que 30% dos empregadores informam que a incidência de “doenças” cresce perto de feriados. Do outro lado do balcão, um terço dos funcionários entrevistados admitiu que inventou ao menos uma vez por ano uma doença para se ausentar. O levantamento ouviu 3.484 empregados de companhias de diferentes setores, além de 2.099 gerentes de recursos humanos.

As principais razões dos funcionários para faltar é que eles não têm vontade de ir para o trabalho (33%), porque precisam relaxar (28%), para ir ao médico (24%), para pôr o sono em dia (19%) ou executar tarefas pessoais (14%).

O levantamento revela ainda que 30% dos empregadores checaram se a desculpa dada pelos trabalhadores foi verdadeira: 64% pediram atestado médico, 48% ligaram para o funcionário, 19% checaram os posts do empregado nas mídias sociais, 17% pediram para outro funcionário ligar para o empregado doente e 15% responderam que passaram pela casa do empregado. Ah, e 16% disseram que demitiram os empregados que deram a desculpa falsa.

Confira na lista a seguir as dez desculpas mais esfarrapadas ouvidas pelos gerentes de RH:

1 “Estou parando de fumar e estava ranzinza.”

2 “O meu time perdeu no domingo e eu precisava da segunda-feira para me recuperar.”

3 “Mordi a língua e não conseguia falar”

4 “Um enxame de abelhas me impediu de entrar no carro para vir trabalhar.”

5 “Senti que estava tão nervoso que se viesse trabalhar iria acabar machucando alguém.”

6 “Minha dentadura voou pela janela do carro enquanto eu dirigia.”

7 “Alguém colou as portas e janelas da minha casa para que eu não pudesse sair para trabalhar.”

8 “Recebi uma ligação ameaçadora e precisei do dia livre para reportar o caso à polícia.”

9 “Me perdi e acabei parando em outro estado.”

10 “Eu não sabia o que vestir para ir trabalhar.”

Deixe um comentário