Os 5 conselhos de Oscar Schmidt para ter sucesso na carreira

Exame


De sucesso ele entende. Em 25 anos de carreira no basquete, Oscar Schimdit venceu quase tudo o que disputou. Conhecido como “mão santa”, Oscar marcou exatos 49.703 pontos em 1.613 jogos, ou seja, ter Oscar na equipe significava uma média de 30 pontos a mais por jogo para o time.

O ex-jogador coleciona recordes no currículo. Para citar apenas um, foram cinco olimpíadas disputadas, o maior número de participações já alcançado por um jogador de basquete brasileiro.

Ao deixar as quadras em 2003, passou por uma transição de carreira e há alguns anos dá palestras motivacionais para executivos e funcionários em grandes empresas Brasil afora. Mesmo enfrentando um dos maiores desafios da sua vida, a luta contra um câncer no cérebro, Oscar não desanimou, e continua esbanjando bom humor. Confira o que ele tem a dizer para os executivos:

1 Treine, treine e treine

“Sou produto de treinamento”, diz Oscar. Quer ser o melhor na sua área de atuação? Pratique, estude, se esforce. “Treine muito, mas muito mesmo, e quando estiver bem cansado, treine mais um pouquinho porque esse pouquinho vai te fazer melhor”, diz.

De acordo com ele, este é o melhor conselho de carreira que ele pode dar a alguém. “Ninguém me deu esse conselho, mas descobri logo no começo que é necessário”, diz. Para ele esta é a grande característica que as pessoas vencedoras têm em comum: “todas treinam muito porque sabem que é necessário”.

2 Tenha automotivação

“Se você gostar do que está fazendo é meio caminho andado porque treinar bastante, para ser o melhor, não vai pesar muito”, diz Oscar. A motivação, de acordo com ele, pode vir de muitos lugares, mas, sobretudo deve ser interna. Essa é uma regra que as pessoas de sucesso não quebram.

3 Conheça o seu lugar dentro da equipe

“Cada deve saber o seu lugar dentro do grupo. Não dá para a equipe toda fazer 30 pontos em um jogo, mas há lugar para rebotes, para defesa, para passes”, aconselha.

Conhecer a sua função é a regra mais importante para não ter problemas no trabalho em equipe, em sua opinião. “Quando cada um sabe o que fazer, sempre, tudo fica muito mais fácil”, diz.

4 Obstáculo à frente? Supere-o

Por mais brilhante que você seja, não há trajetória profissional que decorra sem alguns sacolejos e muitas pedras no caminho.

Problemas à vista? “Encare o obstáculo e faça de tudo para superá-lo”, diz Oscar. Estando treinado, suas chances de êxito aumentam muito, afirma o mais cestinha do Brasil.

5 Mantenha o bom humor, sempre

Manter o bom humor mesmo quando o clima na empresa ou em casa pesa não é tarefa das mais simples. Mas, vale a pena fazer o esforço, diz o jogador. E ele sabe bem do que está falando.

O sorriso no seu rosto e o alto astral não diminuíram mesmo enfrentando mais uma batalha no tratamento contra o câncer. “A doença está instalada não há nada que eu possa fazer, a não ser trata-la e, para viver melhor, o mau humor atrapalha de verdade. Então tento ficar mais alegre do que fui e vivo bem assim”, explica. Isso mesmo, Oscar.

Deixe um comentário