As mentiras mais bizarras que já apareceram em currículos

Exame

Na tentativa de impressionar um recrutador, muita gente acaba passando dos limites.

É o que mostra uma pesquisa do Career Builder em parceria com a Harris Poll, que apontou a falta de sinceridade nos currículos.

Segundo a pesquisa, que recentemente consultou 2.188 profissionais de recursos humanos nos Estados Unidos, 58% dos empregadores dispensariam imediatamente um candidato se o pegassem mentindo.

Entre as ocorrências mais comuns, estão declarações falsas sobre competências (57%), responsabilidades (55%), datas de empregos (42%), cargos (34%), nível acadêmico (33%), ex-empregadores (26%) e prêmios (18%).

Os profissionais de recrutamento também listaram algumas das mentiras mais absurdas que já viram em currículos. Veja:

01. O candidato declarou ter tido uma experiência profissional que na verdade foi do pai. Os dois têm o mesmo nome, mas um é “Júnior”.

02. O candidato afirmou ter trabalhado com o primeiro ministro de um país que não tem primeiro ministro.

03. O candidato mentiu sobre ter sido campeão de lance livre no basquete da escola.

04. O candidato disse já ter ganhado medalhas olímpicas.

05. O candidato disse ter trabalhado como supervisor de obras, mas depois admitiu que só havia construído uma casinha de cachorro.

06. O candidato afirmou ter 25 anos de experiência profissional tendo apenas 32 anos de idade.

07. O candidato declarou ter trabalhado por 20 anos como babá dos filhos de celebridades como Tom Cruise e Madonna.

08. O candidato disse que teve três empregos no último ano. Na verdade, ele trabalhou por dois dias no primeiro, um dia no segundo e nunca no terceiro.

09. A pessoa se candidatou duas vezes à mesma vaga e contou histórias diferentes em cada entrevista.

10. A pessoa se candidatou para trabalhar numa empresa que tinha acabado de demiti-la. No currículo, disse que ela própria havia pedido para sair.

Deixe um comentário