Mark Zuckerberg tirará dois meses de licença-paternidade

Por EFE

O co-fundador e executivo-chefe do Facebook, Mark Zuckerberg, decidiu tirar dois meses de licença-paternidade pelo nascimento de sua primeira filha, publicou neste sábado em sua conta na rede social.

“Esta é uma decisão muito pessoal e decidi tirar dois meses de licença-paternidade quando nossa filha chegar”, disse o diretor, emreferência ao nascimento de sua primeira filha com sua esposa, Priscilla Chan, cuja gravidez foi anunciada em julho.

O Facebook oferece a seus funcionários, tanto homens como mulheres, até quatro meses de licença quando têm filhos, que podem ser tiradas imediatamente após o parto ou a qualquer momento durante o primeiro ano de vida do bebê.

É uma política muito generosa para os padrões americanos, mas que nem todos os empregados aproveitam por temerem que possa prejudicar suas expectativas profissionais.

“Os estudos mostram que quando pais trabalhadores tiram tempo para estar com seus recém-nascidos, os resultados são melhores para as crianças e para as famílias”, disse Zuckerberg.

“A cada dia as coisas se tornam um pouco mais reais para nós e estamos muito animados para começar esta nova etapa de nossas vidas”, acrescentou o executivo-chefe do Facebook.

Zuckerberg não anunciou quando sua filha deve nascer.

Priscilla and I are starting to get ready for our daughter's arrival. We've been picking out our favorite childhood…

Publicado por Mark Zuckerberg em Sexta, 20 de novembro de 2015

Notícias relacionadas

Deixe um comentário