Ganhando até R$ 25 mil, estes 2 tipos de gerentes estão em alta no mercado


O crescimento do setor de franquias no Brasil está impulsionando a cadeia de profissionais ligada a ele, mas dois tipos de gerentes, em especial, estão em alta no momento: os de expansão e os de operação de franquias.

Dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF) indicam que o setor de franquias no Brasil cresceu 5,1 % no primeiro trimestre deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado. Os bons resultados da área de franquias não são exclusivos dos primeiros meses de 2018. O aumento na procura por gerentes de expansão e de operação de franquias, por exemplo, foi registrado durante todo o primeiro semestre, pela consultoria de recrutamento Michael Page, especializada em cargos de alta e média gerência.

“É no Brasil inteiro. Empresas instaladas no Sudeste e que estão expandindo para extremos no Nordeste, Norte e Sul do país querem gerentes de expansão enquanto os gerentes de operação tem sido mais recrutados para o Sudeste”, explica Genis Fidelis, gerente da Michael Page.

A capacidade para fazer a interlocução entre empresa e investidor é o ponto chave nesses gerentes. Com novos investidores chegando ao setor de franquias, a capacitação para planejar, orientar e administrar a expansão e a operação ganhou destaque. Os segmentos de alimentos, moda, cosmético e educação são os que mais requisitam esses profissionais.

Quem tem ao menos dez anos de experiência e está em dia com as tendências e necessidades do consumidor sai na frente na disputa por uma vaga. A visão e a aptidão para o varejo são prioridades para as empresas tanto no recrutamento dos líderes de expansão, quanto para os de operação. No entanto, para lá do DNA varejista, há certas peculiaridades nas funções, de acordo com Fidelis.

Gerentes de expansão têm a responsabilidade de abertura de mercados por isso a questão de networking é essencial. “São pessoas que já têm relacionamento com associações do setor de franquias e com shoppings”, destaca.

Competências de negociação que permitam ao gerente de expansão fechar acordos, muitas vezes, complicados são também características procuradas.

Gerentes de operação de franquias geralmente são profissionais que crescem na carreira de gerente de lojas e se tornam aptos a assumir operação de muitas lojas.

A remuneração de um gerente de expansão e operação de franquias pode variar de 15 mil reais a 20 mil reais com acréscimo de variável por abertura de loja e bonificação, mas o gerente da Michael Page já viu empresas oferecerem salários de até 25 mil reais a profissionais de nível sênior.

Muito embora haja bons profissionais disponíveis no mercado, uma competência rara entre eles é ligada à governança e aos processos de compliance.

“Ainda são muitas empresas familiares dominando o setor de franquias e os profissionais não vêm com os limites muito bem definidos a respeito do que pode e do que não pode, já que o que impera nesses ambientes, em grande parte dos casos, é a visão do dono da empresa”, afirma.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário