Fábrica de queijo é investigada após funcionários serem filmados tomando banho de leite

O Globo

O governo da Rússia anunciou, nesta sexta-feira, a abertura de uma investigação criminal sobre violações de higiene em uma fábrica de queijo após um vídeo que mostra trabalhadores tomando banho sem camisa em cubas de leite tornou-se um viral na internet, informa a Agência France Presse.

O Comitê de Investigação informou que estava investigando a fábrica, localizada na cidade de Omsk, na Sibéria, já que a atitude dos funcionários poderia causar danos à saúde da população, que se mostrou horrorizada após a divulgação do vídeo.

“Já se verificou que o leite cru usado pelos trabalhadores da fábrica para se banharem foi utilizado para fabricar o queijo”, disseram os investigadores através de um comunicado.

O escândalo estourou depois que um dos funcionários da fábrica postou fotos em uma rede social com a legenda: “Na verdade, nosso trabalho é muito chato”.

Uma das fotos mostra seis trabalhadores, alguns apenas de shorts, dentro da cuba de leite, rindo e fazendo sinal de positivo. Em um vídeo postado na internet, alguns trabalhadores aparecem amassando o queijo sem camisa, em uma área de produção com uma aparência bastante suja. A transmissão teve mais de 300 mil visualizações no YouTube.

O órgão equivalente à Vigilância Sanitária aqui no Brasil recolheu dos pontos de venda o produto oferecido pela fábrica, que foi fechada na quinta-feira por 40 dias. A fábrica já havia vendido mais de 49 toneladas de queijo este ano, em 14 cidades, informou o Comitê de Investigação. Se for considerada culpada por produzir alimentos impróprios para consumo humano, os gerentes da fábrica podem ser preso por até dois anos.

Deixe um comentário