Escola de engenharia dá 25 bolsas de MBA na Espanha

exame

A OEA (Organização dos Estados Americanos) acaba de divulgar o lançamento de 25 bolsas de estudo para MBA para a área de infraestrutura e energia, em parceria com a Structuralia, escola de engenharia e arquitetura com sede na Espanha.

Com início previsto para outubro, os cursos são ministrados pela internet, mas incluem aulas presenciais por 10 dias em Madri no início de 2017. A carga horária total é de 650 horas.

As bolsas cobrem 50% do custo com a matrícula, que já inclui 10 dias de alojamento e manutenção na capital espanhola.

Para se candidatar, é preciso ter diploma de graduação e pelo menos cinco anos de experiência em cargos de gestão.

As inscrições vão até o final de agosto de 2016. Mais informações estão no site oficial do convênio e nos sites específicos do MBA em energia, que está em sua 4ª edição, MBA em infraestrutura, que chegou à sua 19ª edição.

Ambos os programas contam com o apoio da EOI (Escuela de Organización Industrial). O corpo docente é composto por profissionais de empresas como Baker & McKenzie, Enagas e Banco Santander.

“Os programas respondem às necessidades econômicas e do mercado de trabalho da América Latina, onde o setor de infraestrutura ainda tem um grande desenvolvimento pela frente, assim como o de energia”, diz em nota José Antonio Cuartero, diretor geral da Structuralia.

A escola ministra mais de 250 cursos especializados em engenharia, infraestrutura e energia, e desde 2010 oferece um programa de bolsas em parceria com a OEA.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário