Empresas estão em busca de um novo perfil profissional

Já ouviu falar de talentos ágeis? O futuro do trabalho é deles


Muitos profissionais passam suas vidas procurando por estabilidade, em busca da sensação de chegarem a um lugar seguro e confortável. Você conhece alguém assim?

Porém, a estabilidade morre de medo de arriscar. Ela nos leva à estagnação e não é disso que o mercado precisa para que a inovação aconteça e a economia continue crescendo.

O Encontro Nacional Líderes do Amanhã 2019, realizado pela Cia de Talentos em parceria com a McKinsey & Company, revelou que as empresas estão em busca de um novo perfil profissional, os talentos ágeis!

As automações e a inteligência artificial não são mais tendências, elas já são realidade. No entanto, pesquisas da McKinsey & Company revelam que menos de 10% dos empregos do mundo podem ser 100% automatizados.

Ou seja, você não precisa se preocupar. Muito provavelmente o seu emprego não será extinto, mas saiba que, boa parte dele será automatizado e a forma como você trabalha hoje será muito diferente!

A tecnologia chega para ocupar as funções analíticas e processuais dentro das organizações, abrindo espaço para que as áreas gerenciais sejam executadas com mais atenção pelos colaboradores.

Dessa forma, independente do valor que o seu currículo apresenta, o que será levado em conta daqui em diante são suas habilidades de aprendizagem e suas competências socioemocionais para lidar com outras pessoas, através de inclusão e empatia – já que a humanização e a diversidade também estarão presentes no futuro do trabalho.

Você está disposto a desaprender? Os talentos ágeis são reconhecidos por apreciarem novidades. Eles se envolvem na descoberta de novos caminhos, apreciam a jornada e não tem medo de errar até que aprendam. Sendo assim, apenas esse estilo de profissional será capaz de lidar com a tecnologia e suas constantes mudanças.

Em meu próximo artigo, vou te mostrar caminhos para que o seu aprendizado seja mais eficiente e você possa fazer parte da nova era dos profissionais do futuro com mais tranquilidade, ok?

Até mais!

Por Sofia Esteves, presidente do conselho do grupo Cia. de Talentos

Notícias relacionadas

Deixe um comentário