Como é estagiar no LinkedIn, segundo 7 jovens brasileiros


Pão de queijo à vontade, workshops sobre danças africanas durante o expediente e até um cantinho com gramado artificial que imita o parque Ibirapuera: não são poucos os mimos que cativam os estagiários do LinkedIn na cidade de São Paulo.

Ainda assim, as regalias do escritório estão longe de ser as principais vantagens de se começar a carreira na rede social, segundo 7 jovens entrevistados com exclusividade por EXAME.com.

Os pontos positivos mais lembrados pelos universitários incluem flexibilidade de horário, clima de cooperação e oportunidades de interagir com pessoas de outros países no dia a dia.

“Comidinhas e partidas de pingue-pongue depois do almoço são legais, mas o mais incrível é ter um time que realmente se interessa pelas suas opiniões”, resume Bruno Rodrigues, 22 anos, estudante de marketing na USP e estagiário do LinkedIn há 10 meses.

Com sede no Brasil desde 2011, a rede social profissional não tem um programa formal de estágio. As vagas para universitários são abertas conforme as demandas das diversas áreas de negócios da multinacional e são anunciadas na página oficial da empresa dentro do próprio LinkedIn.

O processo seletivo inclui entrevistas com a área de recrutamento e com o departamento que solicitou a vaga, além de um teste de inglês.

Quer saber mais sobre como é estagiar na sede brasileira da rede social? Confira os depoimentos de 7 jovens a seguir:

[v_media_boxes id=”” image_align=”left” image_style=”square” bw_filter=”false”]

[v_media_box image=”https://abrilexame.files.wordpress.com/2017/08/mariana-craveiro.jpeg” title=”1. Mariana Craveiro, 24 anos” link=”#” link_target=”_self”]

Qual é o seu curso? Relações Públicas na USP (Universidade de São Paulo)

O que faz no LinkedIn? Marketing da área de Soluções de Vendas. “Aqui, desenvolvemos iniciativas orientadas pela geração de leads qualificados e awareness da área, além de ações de relacionamento com cliente e materiais de suporte ao time de vendas”, explica a estudante.

O que mais surpreendeu você quando entrou na empresa? “Fui muito feliz em todas as minhas experiências anteriores e já entrei com a sensação de que aqui não seria diferente. Mas, ainda assim, fui surpreendida pelo espírito de colaboração que existe em cada cantinho do escritório. O dia não termina sem a sensação de que você está no lugar certo”.

Quais são as vantagens e desvantagens de estagiar no LinkedIn? “Uma das grandes vantagens é que, por ser uma rede social profissional, você passa a entender muito bem como funciona o mercado e o universo corporativo. A maior desvantagem é que você fica um pouco mal acostumado com as regalias, como chocolate e pão de queijo à vontade!”.

De qual “mimo” do escritório você mais gosta? “Meu privilégio favorito é um cantinho que chamamos de Ibirapuera, simula um gramado, tem balanços, uma cesta de basquete e uma vista para o pôr do sol mais legal de São Paulo”.

O que diria para um jovem que pretende estagiar no LinkedIn? O estagiário vai encontrar uma chance rara de poder ser verdadeiramente quem é.[/v_media_box]

[v_media_box image=”https://abrilexame.files.wordpress.com/2017/08/carolina-gueteler.png” title=”2. Carolina Gueteler, 21 anos” link=”#” link_target=”_self”]Qual é o seu curso? Marketing na USP (Universidade de São Paulo).

O que faz no LinkedIn? Marketing Solutions. “Qualifico clientes para as formas de atendimento da área e também ajudo também no desenvolvimento da melhor estratégia de formato de anúncios para a empresa na rede. O foco de todo o trabalho é a experiência do cliente, para que ele tenha autonomia e bons resultados ao anunciar no LinkedIn”.

O que mais surpreendeu você quando entrou na empresa? “A cultura da empresa, que realmente faz diferença na forma como todos trabalham e se relacionam no dia a dia. É um ambiente descontraído e muito colaborativo, em que todo mundo se ajuda”.

Quais são as vantagens e desvantagens de estagiar no LinkedIn? “A principal vantagem é poder ser eu mesma e me sentir confortável. Além disso, é um nome de peso para o currículo, que pode me abrir portas no futuro. Outra vantagem é que, por ser uma empresa de tecnologia, o ambiente é muito dinâmico. As coisas acontecem super rápido e sempre surgem novidades”.

De qual “mimo” do escritório você mais gosta? “Os eventos no meio da semana.Temos o InDay, uma vez por mês, dia em que durante algumas horas fazemos uma atividade diferente. O mais bacana foi o InDay de refugiados, quando recebemos refugiados de diversos países e participamos de workshops de dança congolesa, turbante africano e escrita árabe. Mas o que mais gosto mesmo são os ChoppIns. Pagamos um valor, que é doado à ONG Semear, e passamos algumas horas dentro do próprio escritório tendo um happy hour com música e comidinhas”.

O que diria para um jovem que pretende estagiar no LinkedIn? “Tenha muita vontade. Aqui, trabalhar duro, se esforçar e entregar resultados é muito bem visto, e pode te ajudar a se desenvolver para concorrer a uma vaga efetiva. A recepção é boa, todos os novos funcionários se apresentam para o resto da empresa, mostrando um talento e dizendo algo que “não está no seu perfil do LinkedIn”, e geralmente é bem engraçado”. [/v_media_box]

[v_media_box image=”https://abrilexame.files.wordpress.com/2017/08/bruno-brandc3a3o.png” title=”3. Bruno Rodrigues, 22 anos” link=”#” link_target=”_self”]Qual é o seu curso? Marketing na USP (Universidade de São Paulo)

O que faz no LinkedIn? Customer Success. “Ajudo a equipe a criar conteúdo voltado para melhorar a utilização e o engajamento dos clientes das soluções de talento corporativas. Minha missão é capacitar o cliente para que ele tenha o máximo retorno do seu investimento”.

O que mais surpreendeu você quando entrou na empresa? “Com certeza foi a forma com que fui recebido pela equipe. Claro, comidinhas e partidas de pingue-pongue depois do almoço são legais, mas o mais incrível é ter um time que realmente se interessa pelas suas opiniões e ajuda você a atingir resultados”.

Quais são as vantagens e desvantagens de estagiar no LinkedIn? “Aqui se trabalha bastante, mas tudo ocorre de forma leve, porque existe muita confiança entre os membros da equipe. Uma grande vantagem é não ter obrigatoriedade de horário para entrar e sair, o que ajuda bastante a tocar projetos paralelos na vida pessoal. A principal desvantagem é que, como a empresa é enxuta no Brasil, não existe um plano de carreira bem estruturado para recém-formados em outras áreas do negócio. As oportunidades principais ficam sempre em vendas”.

De qual “mimo” do escritório você mais gosta? “Sessões de quiropraxia e meditação”.

O que diria para um jovem que pretende estagiar no LinkedIn? “Prepare-se para entrar em um mundo que quem define seus limites é você. Os valores e cultura do LinkedIn são vivenciados no dia a dia e se você acreditar neles muitas oportunidades de desenvolvimento vão surgir”.[/v_media_box]

[v_media_box image=”https://abrilexame.files.wordpress.com/2017/08/camila-fernandes.png” title=”4. Camila Fernandes, 22 anos” link=”#” link_target=”_self”]Qual é o seu curso? Engenharia de manufatura na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas)

O que faz no LinkedIn? Sales Operation (LSS). “Presto suporte na elaboração e análise de relatórios de performance, na área de Sales Operations, na definição do plano de quota e territórios para o time de vendas, entre outras atividades”, diz Camila.

O que mais surpreendeu você quando entrou na empresa? “O clima de descontração aliado ao alto rendimento. Com isso, descobri que é possível trabalhar em um ambiente divertido sem perder o foco na produtividade”.

Quais são as vantagens e desvantagens de estagiar no LinkedIn? “Além do ambiente tranquilo e participativo, a principal vantagem é a flexibilidade de horário. Isso auxilia muito a manter um bom rendimento tanto no estágio como na faculdade”.

De qual “mimo” do escritório você mais gosta? “As comidas, pela praticidade de ter tudo aqui no escritório, e eventos, que geram ainda mais engajamento entre os funcionários”.

O que diria para um jovem que pretende estagiar no LinkedIn? “Aqui a diversidade realmente acontece e é respeitada. O estagiário pode falar abertamente com seu gestor, ter autonomia para expressar suas ideias e ser ele mesmo, do jeito que for”.[/v_media_box]

[v_media_box image=”https://abrilexame.files.wordpress.com/2017/08/gabriel-joseph.png” title=”5. Gabriel Joseph, 25 anos” link=”#” link_target=”_self”]Qual é o seu curso? Marketing na USP (Universidade de São Paulo)

O que faz no LinkedIn? Marketing para as Soluções de Talentos. “Minhas tarefas principais são gerenciamento de campanhas de marketing digital, gestão dos fornecedores e de pagamentos da área e organização de eventos”, diz Gabriel.

O que mais surpreendeu você quando entrou na empresa? “A empresa é muito alto astral. Fui muito bem recebido por todo mundo, com desejos honestos de sucesso”.

Quais são as vantagens e desvantagens de estagiar no LinkedIn? “Não me sinto um estagiário, mas sim um dono da minha área, com responsabilidades sérias. Claro que algumas questões objetivas também são muito vantajosas (salário, benefícios, etc), mas o que é muito interessante de estar aqui é que você está em contato com gente do mundo todo, falando 3 línguas diferentes todos os dias e tendo tarefas importantes de verdade”.

De qual “mimo” do escritório você mais gosta? “Ter almoço no escritório todos os dias e ainda receber VR”.

O que diria para um jovem que pretende estagiar no LinkedIn? “O LinkedIn é uma empresa que oferece muito para começar sua carreira, mas que cobra muito também. Aqui o treino dura pouco e o jogo é todo dia, então quem quiser vir estagiar aqui tem que estar preparado para resolver problemas muito diversos. Não necessariamente já existe uma solução ideal. Acho isso estimulante”.[/v_media_box]

[v_media_box image=”https://abrilexame.files.wordpress.com/2017/08/lc3addia-popazoglo.png” title=”6. Lídia Popazoglo, 20 anos” link=”#” link_target=”_self”]Qual é o seu curso? Marketing na Universidade de São Paulo (USP)

O que faz no LinkedIn? Customer Success em Talent Solutions. “Trabalho com a equipe que atende nossos clientes globais auxiliando-os a tirar maior proveito da ferramenta. A maioria das minhas atividades envolve relacionamento e treinamentos para nossos clientes, fazer relatórios e análises de uso da nossa solução e garantir que eles utilizem bem”, explica a estagiária.

O que mais surpreendeu você quando entrou na empresa? “A empresa tem uma cultura organizacional forte e cultiva valores seguidos no mundo todo. Um dos nossos valores é “Relationships matter” [“Relacionamentos importam”, em inglês] e isso é algo muito forte aqui. Desde o primeiro dia que entrei percebi que todos estavam dispostos a me ajudar no meu desenvolvimento profissional e pessoal”.

Quais são as vantagens e desvantagens de estagiar no LinkedIn? “Temos muita colaboração entre todos os funcionários e sinto que posso ser aceita por quem eu sou na empresa. Além disso, tenho autonomia para realizar projetos e me desenvolver”.

De qual “mimo” do escritório você mais gosta? “O nosso ‘Ibirapuera’, que é um local que simula o parque de São Paulo, tem um balanço e cadeiras confortáveis que ficam ao lado de uma vista linda. A parte mais legal do escritório são esses diferentes cenários e lugares em que podemos trabalhar pra poder mudar um pouco a rotina”.

O que diria para um jovem que pretende estagiar no LinkedIn? “Um novo estagiário pode esperar encontrar um lugar de muita colaboração, com pessoas engajadas e comprometidas e que estão sempre dispostas a ajudar. Aqui todos estão preocupados com o desenvolvimento dos estagiários, principalmente porque estamos no começo da carreira”.[/v_media_box]

[v_media_box image=”https://abrilexame.files.wordpress.com/2017/08/karine-hollanders.png” title=”7. Karine Hollanders, 24 anos” link=”#” link_target=”_self”]Qual é o seu curso? Engenharia de produção na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas)

O que faz no LinkedIn? Sales Operations dentro da área de Talent Solutions. “Minhas atividades incluem análise de performance de vendedores e gerentes desenvolvimento de estratégias para aumentar as vendas e estudos de desempenho”.

O que mais surpreendeu você quando entrou na empresa? “A cultura de cooperatividade da empresa. Aqui eu consigo ajuda para realizar meu trabalho de pessoas ao redor do mundo todo. Por exemplo, já tive projetos com pessoas da América do Norte, América Latina, e Europa, Ásia, no qual todos me ajudavam a executar minhas tarefas”.

Quais são as vantagens e desvantagens de estagiar no LinkedIn? “A maior vantagem é trabalhar com pessoas que se preocupam com o meu desenvolvimento em diferentes âmbitos. Meus líderes também trabalham como meus mentores, ou seja, posso pedir conselhos sobre como seguir minha carreira até mesmo fora do LinkedIn. A desvantagem daqui é que ficamos mimados com os benefícios. Se em algum momento for necessário ir para outra empresa, será difícil me adaptar”.

De qual “mimo” do escritório você mais gosta? “Os almoços com todo o time. Você tem um momento de integração com outras pessoas, relaxa um pouco do trabalho e sempre conhece pessoas novas”.

O que diria para um jovem que pretende estagiar no LinkedIn? “Aqui você vai encontrar uma empresa que valoriza seus funcionários e ajuda você a crescer como profissional. O fato de ser uma multinacional também mostra um pouco mais do mundo”.[/v_media_box]

[/v_media_boxes]

Notícias relacionadas

Deixe um comentário