Ama viajar? Emprego dos Sonhos do Serasa que paga R$ 100 mil é para você

O emprego dos sonhos para os viajantes mais criativos do Brasil está com as inscrições abertas até dia 28 de outubro!


O Serasa Consumidor abre mais uma vez as inscrições para a vaga de emprego com a descrição mais tentadora do país: viajar por todas as regiões do Brasil durante um ano atrás de histórias inspiradoras sobre educação financeira e ganhar R$ 100 mil de salário anual.

As inscrições para a segunda edição do Emprego dos Sonhos abrem hoje e vão até o dia 28 de outubro.

Com mais de 122 mil inscritos na primeira edição, a vaga ficou com a jovem paranaense Débora Mara Bucco, que ficou um ano buscando os relatos da vida financeira dos brasileiros junto com o projeto Serasa Itinerante, que levou educação financeira para a população. Em entrevista para EXAME, ela conta destaques da experiência e aprendizado do ano viajando.

Após o sucesso do ano passado, a empresa vai repetir a experiência, mas com uma mudança em sua missão: o escolhido para o Emprego dos Sonhos vai buscar histórias de professores e educadores que inspiram seus alunos com maneiras inovadoras de ensinar a lidar com dinheiro e finanças.

Por isso as inscrições começam logo após a comemoração do Dia dos Professores, como uma homenagem aos profissionais, de acordo com Daniel Ebbesen, gerente de Serasa Consumidor, um dos idealizadores do projeto.

“Acreditamos que o professor é um dos principais causadores de transformação sócio-econômica. A profissão deveria ser mais valorizada, pois mexe com o futuro do nosso país”, conta ele.

Assim, eles agora buscam uma pessoa maior de 18 anos, morando no Brasil e com qualquer tipo de formação para viajar em busca de histórias de professores. Além de contar essas histórias, eles procuram alguém que também inspire a criação de novas formas de ensinar.

A característica principal para a seleção dos candidatos é a criatividade.

O processo vai ser muito parecido com o do ano anterior. Na inscrição, os candidatos precisarão preencher um questionário para avaliar a afinidade do seu perfil com a vaga. Depois, eles terão que enviar um vídeo de até 40 segundos sobre o ensino de educação financeira de forma diferente e criativa.

“Não precisa necessariamente ensinar a ideia, mas pode explicar um projeto, mostrar uma forma de educar, cantar uma música ou recitar um poema. O importante é a criatividade para explicar educação financeira”, explica Ebbesen.

Quer saber mais? Faça sua inscrição pelo site do Emprego dos Sonhos.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário