8 cursos de tecnologia essenciais para quem não trabalha com TI


Blockchain, computação em névoa, realidade aumentada e inteligência artificial parecem assuntos que só interessam a quem trabalha com tecnologia da informação. Na verdade, são os cinco grandes temas de tecnologia que profissionais de qualquer setor deveriam começar a estudar o quanto antes, segundo um recente mapeamento da TOTVS.

Entre esses assuntos, diz Rita Pellegrino, diretora de RH da empresa, o mais pungente no mercado de trabalho é inteligência artificial, que combina análise de dados, machine learning e diversas técnicas de estatística, matemática e programação. “É uma ferramenta com imenso poder de fornecer informações relevantes para todas as áreas de uma empresa”, explica ela.

Na visão de Carlos Souza, diretor geral da Udacity para América Latina, ter familiaridade com o universo digital — algo que o jovem, sobretudo, pode ostentar — não é suficiente para o mercado de trabalho. Isso porque ser um mero consumidor de celulares e computadores é diferente de saber usar a tecnologia para resolver problemas no trabalho.

“Programação e análise de dados são duas competências básicas hoje, necessárias para encaminhar questões em vendas, finanças, logística, enfim, qualquer área”, explica o diretor da Udacity. “Não é só o profissional de TI que precisa se qualificar nesses dois temas”.

Aplicações

Trata-se de uma tendência para futuro ou um diagnóstico sobre o presente? De acordo com Souza, essa é uma realidade atual. “Hoje, 40% dos profissionais que buscam cursos na Udacity não trabalham com TI”, justifica. O motivo? O avanço das novas tecnologias sobre o dia a dia de profissões que não têm nada a ver com tecnologia.

Quem trabalha com marketing, por exemplo, precisa de conhecimentos básicos sobre desenvolvimento web para criar landing pages e campanhas online sem depender de um profissional de TI. “Não precisar da equipe técnica para tudo garante resultados mais rápidos”, diz Souza. Saber o mínimo de programação também pode ajudar um profissional de vendas, por exemplo, a aprimorar a experiência do cliente em sistemas de e-commerce.

Conhecer conceitos e ferramentas de análise de dados, por outro lado, descortina um mundo de possibilidades para quem precisa tomar decisões de negócio em áreas tão diversas como logística, operações ou recursos humanos.

“A maioria das empresas já tem uma cultura de dados, mas pouquíssimos são os profissionais que conseguem criar novos modelos de visualização”, afirma o diretor da Udacity. “Quando você sabe fazer isso sozinho, pode cruzar informações de um jeito novo e criar hipóteses diferentes para explicar fenômenos”.

Investir nesse tipo de conhecimento também pode evitar que você perca seu emprego para um robô. “Manter-se sempre atento às novas tecnologias faz com que o seu perfil sempre tenha aderência ao mercado e até a alguma posição nas novas carreiras que surgem com essas novidades”, diz Pellegrini, da TOTVS.

Um exemplo é o cientista de dados, que praticamente não existia no mercado de trabalho brasileiro alguns anos atrás, e é uma das carreiras mais quentes do momento. “O profissional que está saindo à frente agora é quem acompanhou as tendências e se antecipou em estudar”, explica a diretora da TOTVS.

Cursos online

Confira a seguir uma seleção de cursos online de tecnologia essenciais para quem não trabalha com TI. Todos são gratuitos, embora exijam pagamento para quem deseja obter certificado:

“Introdução à estatística”

Sobre o que é? O curso ensina técnicas sistemáticas para compreender relações entre dados usando matemática.

Por que vale a pena? Em tempos de big data, a estatística é uma ferramenta fundamental para analisar e interpretar dados. Além disso, dominar o assunto pode incrementar sua criatividade, raciocínio lógico e olhar crítico sobre qualquer assunto.

Link para aulas gratuitas na Udacity

“Introdução à ciência da computação”

Sobre o que é? As aulas abordam estruturas de dados, segurança, engenharia de software e desenvolvimento web, além de linguagens como C, Python, SQL e JavaScript.

Por que vale a pena? O curso mais popular de Harvard atraiu quase 890 inscritos em apenas um ano. O objetivo é ensinar o aluno a compreender o funcionamento dos algoritmos e resolver problemas de forma eficiente. Para transformar o tema em algo mais palatável, o professor traz analogias com objetos do cotidiano e ensina formas alternativas de pensar a programação.

Link para aulas gratuitas no edX

“Como construir um website em um fim de semana”

Sobre o que é? As professoras ensinam o aluno a planejar, construir e publicar uma página básica com texto, som, imagem, links, plug-ins e canais de integração com redes sociais.

Por que vale a pena? Saber construir uma página online é uma competência cada vez mais exigida para desenvolver projetos em praticamente qualquer área, de marketing a finanças. A vantagem deste curso da State University of New York está no fato de ele ser voltado especialmente para pessoas com pouca ou nenhuma experiência anterior na criação de websites.

Link para aulas gratuitas no Coursera

“Teste A/B”

Sobre o que é? O aluno aprende a fazer experiências online e testar potenciais aperfeiçoamentos para sites e aplicativos de celular, por exemplo. Em testes A/B, duas versões da aplicação são exibidas para usuários diferentes. Em seguida, os resultados são analisados para determinar se a alteração é uma melhoria na qual vale a pena investir tempo e dinheiro.

Por que vale a pena? Conhecer a metodologia por trás de testes estruturados ajuda profissionais de qualquer área a tomar decisões mais embasadas.

Link para aulas gratuitas na Udacity

“Introdução ao HTML e CSS”

Sobre o que é? O aluno aprende a transformar em um website estático por meio das linguagens HTML e CSS, além de conhecer técnicas de design responsivo.

Por que vale a pena? Saber executar algumas tarefas simples, como construir um e-mail marketing a partir de HTML para anunciar um novo produto, pode lhe render muito mais agilidade e te posicionar no mercado como um profissional qualificado e versátil.

Link para aulas gratuitas na Udacity

“Introdução à programação interativa com Python”

Sobre o que é? As aulas tratam de elementos básicos de programação em Python, como expressões, condicionais e funções. Um dos exercícios propostos será construir uma versão do clássico jogo de arcade “Pong”.

Por que vale a pena? O curso é ideal para pessoas com pouca ou nenhuma experiência com códigos. Isso porque a linguagem Python é uma das mais fáceis para principiantes e pode ser uma boa forma de se iniciar no mundo da programação.

Link para aulas gratuitas no Coursera

“Visualização de dados no Tableau”

Sobre o que é? O curso ensina fundamentos de visualização de dados e storytelling. Você também aprenderá a usar a ferramenta de visualização de dados Tableau.

Por que vale a pena? Saber apresentar suas ideias com embasamento e clareza é obrigatório para profissionais que participam de processos de tomada de decisão. O curso ajuda a usar a análise de dados para esclarecer e persuadir pessoas.

Link para aulas gratuitas na Udacity

Notícias relacionadas

Deixe um comentário