6 profissões que parecem mentira (mas existem)

exame

Em cinco dias de curso a 3,8 mil dólares é possível se licenciar como sereia professional na escola canadense Aquamermaid, em Montreal. O que esta carreira tem de estranha ou inusitada, tem de promissora, pelo menos no Canadá e nos Estados Unidos, onde profissionais cobram até 300 dólares por hora para ensinar a nadar como a pequena Ariel, personagem da Disney, ou simplesmente alegrar festas e eventos.

O negócio parece mesmo lucrativo já que a escola expandiu sua atuação e abriu filiais nas cidades canadenses de Toronto e Ottawa e também nos Estados Unidos, em Phoenix, Burlington e Chicago.

A profissão foi citada em reportagem recente do Business Insider com carreiras que são difíceis de acreditam que são reais. Navegue pelas fotos, para conhecer mais algumas.

[slider slider_height=”450″ image_resize=”false” image_crop=”true” flex_slider_effect=”slide” slider_timeout=”60″]
[slide title=”Sexador de aves” img_url=”http://assets3.exame.abril.com.br/assets/images/2013/1/78963/size_810_16_9_107921904.jpg” link=””] No Reino Unido e no Japão, profissionais especializados em determinar qual é o sexo do frango chegam a ganhar 60 mil dólares por ano.
Por aqui, sexadores de aves não são muito valorizados, apesar de ser uma atividade que exige rapidez e treinamento.

Segundo o Salariômetro, ferramenta da Fipe, a profissão (que está definida no cadastro brasileiro de ocupações CBO sob o número 623325) rende em média, 974 reais por mês, segundo cálculo feito com base em 57 contratações registradas entre novembro de 2015 e abril de 2016, em todo país.[/slide]
[slide title=”Especialista em assistir televisão” img_url=”http://assets3.exame.abril.com.br/assets/images/2016/4/603313/size_810_16_9_televisao-e-pipoca.jpg” link=””]Ano passado, a Netflix abriu inscrições no Brasil para responsáveis por assistir e classificar o conteúdo exibido na plataforma: os taggers, que recebem semanalmente filmes e séries e têm a obrigação de preencher um questionário. A atividade não teve seu salário divulgado, mas especula-se que, nos EUA, estes profissionais recebam algumas centenas de dólares por semana.

Alguns programas de televisão também contam com a expertise de profissionais que têm como missão ficar de olho em tudo o que está rolando em outros canais e também na internet para selecionar vídeos, em geral, engraçados ou inusitados para exibir.[/slide]
[slide title=”Especialista em carinho” img_url=”http://assets0.exame.abril.com.br/assets/images/2016/7/609397/size_810_16_9_carinho.jpg” link=””] Cada minuto de carinho custa um dólar e o serviço oferecido por profissionais certificados é o foco da empresa Cuddle Up To Me, dos Estados Unidos. Além das sessões de abraços, a empresa também promove workshops para casais que querem se reconectar por meio do tato.[/slide]
[slide title=”Madrinha profissional” img_url=”http://assets3.exame.abril.com.br/assets/images/2016/7/609365/size_810_16_9_madrinhas-e-noiva.jpg” link=””] Geralmente é uma honra ser escolhida madrinha de casamento pelos noivos. Mas também é possível que a escolha seja por meio de um contrato de trabalho. Nos Estados Unidos, o serviço profissional de madrinha pode ser contratado em diferentes planos que vão de ajudinha nos bastidores do casamento até o serviço de assistência completa ao evento. No Brasil, profissionais que desempenham este tipo de serviço são os assessores de casamento.[/slide]
[slide title=”Escritor de mensagens de biscoito da sorte” img_url=”http://assets1.exame.abril.com.br/assets/images/2016/7/609362/size_810_16_9_biscoito-da-sorte.jpg” link=””] O trabalho freelancer de escritor de mensagens de biscoito da sorte rende em média 40 mil dólares ao ano nos Estados Unidos, segundo estimativa do site EHow. Criatividade e conhecimento de filosofia são alguns dos requisitos para o cargo. [/slide]
[/slider]

Notícias relacionadas

Deixe um comentário