5 vídeos para produzir melhor e mais rápido (sem enlouquecer)

exame

Muita gente estuda e trabalha ou faz “malabarismo” com dois empregos, duas faculdades — ou simplesmente tem muitas outras atividades para além desses compromissos. Mas será que dá pra fazer tudo com rapidez e qualidade? E, mesmo que seja possível, como não enlouquecer no processo?

Para Daniela Lemes, responsável pelo programa de autoconhecimento da Fundação Estudar, não há uma resposta única para esse questionamento: a administração do tempo deve ser ditada pelas prioridades de cada indivíduo.

“Para se chegar a uma conclusão, é necessário fazer um balanço entre o que você está disposto a fazer e quais serão os benefícios que você vai obter”, explica ela. Ao final da equação “esforço versus benefícios”, você terá condições de avaliar se essas escolhas fazem sentido — ou não — para você.

Por exemplo, diz Lemes, se uma pessoa tiver como prioridade equilibrar o trabalho com a vida pessoal, talvez não seja uma boa ideia ela se comprometer com muitas atividades simultaneamente.

“Por outro lado, se ela estiver num momento de investir na carreira, talvez valha a pena assumir mais compromissos, porque o ‘saudável’ é relativo e depende do que é prioridade para cada um”, explica a especialista.

Mas cuidado: a partir do momento que você se propõe a fazer algo, é preciso bastante organização e disciplina para garantir a união entre produtividade e qualidade da entrega.

Quer uma ajuda para implementar esse plano? Confira a seguir 5 episódios da websérie “#AcelereSuaCarreira”, produzida pelo Na Prática:

Episódio 1: Como saber se você está desperdiçando seu tempo

Já teve a sensação de que queria fazer muitas coisas, mas acabou perdendo a corrida para o relógio? Para virar esse jogo, o primeiro passo é saber o quanto a má administração do tempo tem atrapalhado a sua vida. Pegue uma folha em branco e escreva tudo que você gostaria de fazer mas não conseguiu por falta de tempo. A lista ficou maior do que você imaginava? Se sim, talvez seja a hora de mudar essa situação, conforme sugere este episódio:

Episódio 2: A importância de priorizar

Se você tenta fazer tudo o que quer, corre o grande risco de não fazer nada. Saber estabelecer prioridades é fundamental: caso contrário, vamos sempre colocar em prática aquilo de que mais gostamos, e não necessariamente o que é mais importante. Conheça uma técnica para estabelecer prioridades no seguinte episódio:

Episódio 3: Como criar um bom plano de ação

Esqueça as “listinhas” de papel. O primeiro passo de um bom plano de ação é definir uma meta “macro”, como, por exemplo, aprender inglês. Mas será que “aprender inglês” não é um pouco vago? Segundo Lemes, é necessário detalhar essa meta em objetivos menores. Saiba mais a seguir:

Episódio 4: Como trazer a produtividade para o meu dia a dia

Mesmo tendo objetivos bem estabelecidos, às vezes você se perde no dia a dia? Para combater esse problema, existe uma dica muito simples, mas eficaz: a técnica do pomodoro. Para começar, faça uma lista de seus objetivos pendentes. Veja as etapas seguintes no episódio abaixo:

Episódio 5: Como utilizar a tecnologia a nosso favor

A agenda e o bloco de notas são instrumentos de organização simples, mas muito poderosos — isso para não falar nos apps de produtividade. No último episódio da websérie do Na Prática, você conhecerá a melhor forma de usar esses recursos para gerir a sua rotina mais facilmente:

Notícias relacionadas

Deixe um comentário